Dicas de Flores
Voltar
Jasmim
Nome Popular: Jasmim-árabe, bogari, jasmim-sambac, mosqueta
Família: Oleaceae
Divisão: Angiospermae
Origem: Índia e Arábia
Ciclo de Vida: Perene
Nome Científico: Jasminum sambac
Sinonímia: Nyctanthes sambac
O jasmim-árabe é um arbusto muito perfumado e decorativo, que pode alcançar cerca de 4 metros de altura. Ele é considerado a planta símbolo das Filipinas, onde suas flores compoem os leis (colares de flores). As folhas são verde escuras, ovaladas, com sulcos um tanto marcados e são dispostas ao longo de ramos compridos. As flores brancas exalam um forte perfume, adquirem tonalidades rosadas com o tempo e podem ser simples, semi-dobradas ou dobradas. Quando desidratadas são muito utilizadas para a aromatizar o Chá-de-jasmin, bebida muito apreciada na China.

Embora seja arbustiva, pode ser conduzida como trepadeira, devido aos extensos ramos, cobrindo assim suportes como colunas, grades e arcos. Fica muito bem em vasos e jardineiras, e se podada adequadamente torna-se um formoso arbusto. Floresce nos meses mais quentes do ano, mas pode florescer no inverno se mantida em estufa.

Deve ser cultivada a pleno sol em solo fértil e enriquecido com matéria orgânica, com regas regulares. As fertilizações periódicas com composto orgânico ou NPK, favorecem intensas florações. Tolera o frio e à meia-sombra. Multiplica-se por estacas semi-lenhosas postas a enraizar em ambientes protegidos.
10/09/10 : 09:50

Junco
Nome Popular: Junco, junco-solto
Nome Científico: Juncus effusus
Sinonímia: Juncus communis var effusus, Juncus communis var typicus, Juncus effusus var compactus, Juncus effusus var subglomeratus
Família: Juncaceae
Divisão: Angiospermae
Origem: Eurásia, América do Norte, Austrália, Nova Zelândia, África do Sul
Ciclo de Vida: Perene
O junco apresenta desenvolvimento vertical, criando um belo contraste de formas com as outras plantas. Quando plantada isolada, em vasos dentro de espelhos d’água, têm sua beleza valorizada refletindo suas folhas na água. Ele possui folhas afiladas e cilíndricas, em forma de pequenas lanças de verde intenso. A variedade spiralis também é muito utilizada nos países temperados como planta ornamental e tem as folhas em forma de espiral, como sugere seu nome.
O junco é planta marginal de crescimento rápido, contudo, se plantada juntamente com outras plantas ou em solo com pouca umidade, pode não se desenvolver satisfatoriamente. É conhecida pela sua utilização na fabricação de ‘tatamis’ no Japão e suas raízes são eventualmente utilizadas como medicamento homeopático. Desenvolve-se a sol-pleno ou meia-sombra, não suportando geadas ou sol muito forte. Seu tamanho depende das condições locais, podendo ficar entre 30cm a 120cm de altura. Prefere substrato rico em matéria orgânica, sempre úmido ou submerso com coluna d’água entre 5 a 10cm. É planta resistente a pragas e não é exigente quanto ao pH da água.
Em lagos ornamentais, serve de refúgio aos alevinos. Neste caso, deve ser colocada uma camada de seixo-de-rio sobre o substrato para evitar que os peixes o revirem, deixando a água turva. Em lagos naturais, pode ser plantado na zona marginal. Sua propagação geralmente se dá por divisão de rizoma na primavera, mas pode ser por sementes.
02/08/10 : 15:55

Jibóia
Nome Popular: Jibóia, jibóia-verde, era-do-diabo
Nome Científico: Epipremnum pinnatum
Sinonímia: Scindapsus aureus, Scindapsus pinnatus, Pothos pinnata
Família: Araceae
Divisão: Angiospermae
Origem: Ilhas Salomão
Ciclo de Vida: Perene
A jibóia é uma planta bastante vistosa que tem a habilidade de se apoiar em diversos substratos. Muito comercializada em vasos sobre blocos de substrato, esta planta pode ser uma boa pedida para decorar interiores. Suas folhas são brilhantes e se alteram de acordo com a maturidade da planta, inicialmente são pequenas, sem variegações ou recortes, com o crescimento tornam-se grandes, variegadas e algumas vezes recortadas. É uma das poucas trepadeiras para utilização à meia-sombra.
Para ter uma folhagem sempre bonita e crescimento rápido, deve ser plantada em substrato rico em matéria orgânica e receber regas periódicas. Pode ser cultivada a pleno sol, mas deve-se cuidar ao apoiá-la sobre árvores, pois com o crescimento corre o risco de sufocar a planta suporte. Tipicamente tropical, não tolera geadas e frio intenso. Multiplica-se por estaquia.
02/08/10 : 15:50

Jacobínia
Nome Popular: Jacobínia, justícia, justícia-rosa
Nome Científico: Justicia carnea
Sinonímia: Cyrtanthera magnifica, Cyrtanthera pohliana, Cyrtanthera carnea, Jacobinia carnea, Jacobinia magnifica, Jacobinia pohliana, Jacobinia magnifica var. carnea, Jacobinia pohliana var. velutina
Família: Acanthaceae
Divisão: Angiospermae
Origem: América do Sul
Ciclo de Vida: Perene
A jacobínia é um grande arbusto de inflorescências muito vistosas, que pode alcançar cerca de 2 metros de altura. Ela apresenta caule ereto de textura herbácea, ramificado e folhas glabras ou pubescentes, com nervuras bem marcadas. As inflorescências são grandes, compostas por numerosas flores delicadas nas cores rósea, vermelha, laranja, amarela ou branca, de acordo com a variedade e são muito atrativas para os beija-flores. Diferentes variedades também apresentam portes e folhas diferentes.
Sua utilização paisagística é ampla e bastante explorada, devido a um talento especial: as jacobínias florescem em condições de semi-sombreamento, onde a maioria das plantas arbustivas podem não florescer. Devido a este fator, esta espécie também é bastante utilizada envasada, em varandas e interiores, sempre em ambientes bem iluminados. No jardim plante-a sob a copa das árvores ou protegida por construções, como planta isolada, em grupos ou renques junto a muros. Ademais, presta-se como flor de corte.
Deve ser cultivada sob meia-sombra, em solo enriquecido com matéria orgânica, com irrigações regulares. Seu crescimento é rápido e vigoroso, e deve ser estimulado com cerca de três adubações anuais, de fórmula balanceada. A floração pode se estender durante o ano todo em climas quentes, mas concentra-se principalmente na primavera e verão. Após a floração as jacobínias apreciam a poda dos ramos. Multiplicam-se por estaquia.
02/08/10 : 15:47

Parceiros
Busca Rápida
Flores
Ervas Medicinais
Jardim de Inverno
Temperos de Hortas
Previsão do Tempo
Visitas
183417

Desenvolvido por DebugWeb - ©2010 - Todos os direitos reservados. [ restrito ]