Dicas de Flores
Voltar
Gravatinha
Nome Popular: gravatinha , Clorofito,
Nome Científico: Chlorophytum comosum
Sinonímia: Anthericum comosum
Família: Agavaceae
Divisão: Angiospermae
Origem: África do Sul
Ciclo de Vida: Perene
O clorofito é uma planta herbácea de pequeno porte, muito semelhante a uma grama. Suas folhas, dispostas em roseta, são longas, com cerca 30 cm de comprimento, recurvadas, macias, brilhantes e verdes na espécie selvagem.
No entanto, os cultivares mais conhecidos e populares são os variegados, que apresentam folhas com listras longitudinais brancas ou amareladas nas margens ou no centro. As flores brancas e pequenas surgem em inflorescências longas no verão, mas tem pouca importância ornamental. Após a floração e frutificação, formam-se pequenas mudas de clorofito ao longo das inflorescências.
O clorofito é uma planta de fácil cultivo, e pouco exigente em manutenção, sendo bastante comum seu plantio em cestas suspensas, vasos e jardineiras, onde seu aspecto pendente é valorizado. Adapta-se muito bem a interiores, tolerando inclusive o ar-condicionado e eventuais "esquecimentos". Também pode ser aproveitada em canteiros, bordaduras ou como forração, mas não suporta pisoteio.
Devem ser cultivadas sob sol pleno ou meia-sombra, em solo fértil, leve e enriquecido com matéria orgânica, com regas regulares. Suas raízes grossas, com boa reserva de nutrientes e água, a tornam tolerantes a pequenos períodos de seca. Tolera também o frio subtropical ou mediterrâneo. Multiplica-se por divisão das touceiras ou pela separação das mudas formadas nas inflorescências.
31/07/10 : 21:12

Grevílea
Nome Popular: Grevílea, grevílea-vermelha, grevílea-anã, grevílea-escarlate, grevílea-de-jardim
Família: Proteaceae
Divisão: Angiospermae
Origem: Austrália
Ciclo de Vida: Perene
Nome Científico: Grevillea banksii
Sinonímia: Grevillea banksii var forstari
Arbusto ou arvoreta (4-6 metros), de aspecto exótico e florescimento muito ornamental. Apresenta folhas bastante recortadas e afiladas verde-acinzentadas na superfície e esbranquiçadas no verso. Inflorescências chamativas, compostas de muitas flores vermelhas, sem pétalas. Ocorre ainda uma variedade de flores brancas. A Grevílea floresce o ano todo atraindo muitos beija-flores.
É uma planta muito interessante para fazendas, condomínios e praças públicas, pelo seu porte e baixa manutenção, sendo utilizada isolada ou em grupos. Devem ser cultivados em solo fértil, previamente preparado com adubos químicos ou orgânicos, sempre a pleno sol. Tolerante a geadas. Multiplica-se por sementes.
31/07/10 : 21:08

Gravatá, Vriésia, Bromélia-vriésia, Espada-de-fogo
Nome Científico: Vriesea sp
Nome Popular: Vriésia, gravatá, bromélia-vriésia, espada-de-fogo
Família: Bromeliaceae
Divisão: Angiospermae
Origem: América Central e do Sul
Ciclo de Vida: Perene
As vriésias são bromélias epífitas ou terrestres, bastante rústicas e que vegetam bem sob sombra moderada. As plantas mais conhecidas deste gênero são em geral pequenas, com folhas macias, brilhantes, verdes ou avermelhadas e sem espinhos, podendo ter listras amarronzadas. As inflorescências variam quanto à forma, podendo ser espigadas, retas e achatadas ou pendentes e delicadas. A cores mais comuns das brácteas e flores são o amarelo, o laranja e o vermelho.
Originárias de florestas úmidas, não toleram o sol pleno, o frio e ambientes muito secos. É um dos gêneros mais populares, prestando-se a muitas hibridizações comerciais. Sua floração é muito durável, podendo ser mantida em ambientes internos por longos períodos.
Devem ser cultivadas a meia-sombra, em vasos ou jardineiras com misturas
31/07/10 : 21:04

Giesta
Nome Científico: Spartium junceum
Sinonímia: Genista juncea
Nome Popular: Giesta, vassoura-espanhola, retama
Família: Fabaceae
Divisão: Angiospermae
Origem: Península Ibérica e Ilhas Canárias
Ciclo de Vida: Perene
Adequação: Boa para ser cultivada sob o sol em solos férteis, com boa irrigação e drenagem. Gosta de um solo arenoso e do frio mediterrâneo e subtropical. Para a adubação recomenda-se a periodicidade anual na primavera para garantir uma floração eficiente. As podas devem ser bianuais.

Cuidados: A giesta é um arbusto muito bonito, e deve ser cultivada em jardins de tendência campestre, mediterrâneo ou contemporâneo. Não gosta de calor excessivo, mas encara nuns bons solos pobres e salinos, além de curtos períodos de seca. É uma planta tóxica, que contém alcalóides como esparteína e cistina, e deve ser mantida longe de crianças e animais.

Dica: Sua beleza transparece ainda mais quando plantada isolada de outras plantas. Por ser uma leguminosa, pode conter erosões e contribuir para a fertilidade do solo.
31/07/10 : 20:58

Guzmânia, Gusmânia, Bromélia
Nome Científico: Guzmania sp
Nome Popular: Guzmânia, gusmânia, bromélia
Família: Bromeliaceae
Divisão: Angiospermae
Origem: América do Sul
Ciclo de Vida: Perene
As bromélias do gênero Guzmania são epífitas e apresentam algumas características em comum como folhas largas e macias, com textura coriácea e inflorescência formada por brácteas coloridas e flores tubulares. São descritas mais de 120 espécies de Guzmania e outros tantos híbridos e variedades. Uma das espécies mais conhecida é a G. ligulata, a guzmania-cherry, de inflorescência alta e brácteas vermelhas. Estas bromélias, podem apresentar no entanto folhas, brácteas e flores de várias cores, como vermelho, rosa, vinho, roxo, amarelo, branco, verde, etc; inclusive formas variegadas e estriadas. A floração ocorre no verão.
Devem ser cultivadas à meia-sombra, em substrato próprio para epífitas, como fibras e cascas de coco, cascas de pinus, entre outros materiais, misturados a terra vegetal. Aprecia regas frequentes, sem encharcamento. Podem ser fixadas no tronco de árvores, com sisal ou barbante. Multiplica-se por separação das mudas formadas após a floração quando estas atingirem 2/3 do tamanho da planta mãe e comercialmente por sementes.
31/07/10 : 20:57

Gazanea
Nome Popular: Gazânia
Família: Asteraceae
Divisão: Angiospermae
Origem: África do Sul
Ciclo de Vida: Perene
Nome Científico: Gazania rigens
Sinonímia: Gazania splendens, Gorteria rigens
Excelente para bordaduras e maciços a gazânia é uma planta bastante rústica e campestre. Sua folhagem é verde na superfície e cinza na face inferior. Apresenta muitas variedades , com diferenças nas cores e combinações, qualidade das flores e rusticidade. As flores aparentes na verdade são os capítulos florais que protegem as flores diminutas amarelas que ficam no centro.

Suas cores variam entre o amarelo, laranja, marrom, vinho e branco, escurecendo para o centro, com combinações destas cores, sem no entanto serem malhadas. Algumas variedades apresentam um halo marrom próximo ao miolo.

Devem ser cultivadas a pleno sol em canteiros bem adubados e ricos em matéria orgânica, regados periodicamente. Requer reformas bianuais, onde podemos afofar e adubar o substrato e fazer novas mudas. Aprecia o frio de leve, sendo portanto indicada para regiões de altitude e de clima mais ameno. Multiplica-se pela divisão da planta.
07/09/10 : 09:56

Goivo
Nome Popular: Goivo, Matióla, Goivos, Goiveiros, Goiveiro-da-rocha, Goiveiro-encarnado, Goivo-encarnado
Família: Brassicaceae
Divisão: Angiospermae
Origem: Europa, África e Ásia
Ciclo de Vida: Bienal
Nome Científico: Matthiola incana
Sinonímia: Cheiranthus incanus
O goivo é uma planta semi-herbácea, florífera, nativa da região mediterrânea. Seu porte é pequeno, atingindo cerca de 45 cm de altura em média. Seu caule é ereto a levemente tortuoso e lenhoso na base. As folhas são lanceoladas a lineares, de margens inteiras e pubescentes, o que dá a folhagem uma coloração verde acinzentada. As flores surgem na primavera, em inflorescências eretas e terminais. Elas podem ser simples ou dobradas e de diversas cores, desde o branco, rosa, vermelho até o violeta, com diversas tonalidades intermediárias. Seu fruto é do tipo síliqua e apenas os espécimes de flores simples os produzem, mas das sementes se originam plantas de flores simples e dobradas (As plantas de flores dobradas são estéreis).

Própria para bordaduras e maciços, o goivo é uma planta graciosa e rústica, com folhagem e floração decorativos. Além disso suas flores são muito perfumadas e algumas variedades liberam seu aroma de maneira mais intensa à noite. As longas inflorescências também podem ser colhidas para utilização em buquês e arranjos florais, como flor-de-corte. Ainda podem ser plantadas em vasos e jardineiras, desde que bem drenáveis.

O goivo deve ser cultivado sob sol pleno ou meia sombra, em solo fértil, bem drenável, enriquecido com matéria orgânica e irrigado regularmente. Recomendam-se adubações mensais durante o período de crescimento e floração. Prefere solos arenoso a argilosos. É capaz de tolerar curtos períodos de estiagem, mas não resiste a encharcamentos. Apesar de bienal, deve ser tratado como anual, pois perde a beleza com o tempo. A remoção das inflorescências velhas estimulam um novo florescimento. Aprecia o clima ameno, mas pode ser conduzido em estufas em regiões de clima temperado. Multiplica-se por sementes postas a germinar no final do verão e no outono.
07/09/10 : 09:56

Girâneo
Nome Popular: Gerânio-pendente, pelargônio-pendente, gerânio-hera
Família: Geraniaceae
Divisão: Angiospermae
Origem: África
Ciclo de Vida: Perene
Nome Científico: Pelargonium peltatum
Sinonímia: Geranium peltatum
O gerânio-pendente é bastante parecido com a planta ereta (Pelargonium x hortorum), as diferenças ficam por conta de na primeira as flores não têm perfume e as folhas se parecem com folhas de hera, porém são coriáceas e brilhantes. Os gerânios-pendentes têm um efeito excelente em floreiras localizadas em janelas e sacadas. Ficam muito bem em vasos e cestas suspensas também. As inflorescências são grandes, sustentadas por longas hastes pendentes como a folhagem, com flores de diversas cores, simples ou dobradas.

Devem ser cultivados a pleno sol, em solo composto de terra de jardim e composto vegetal, bem drenável, com regas regulares. Aprecia ao frio subtropical. Multiplica-se por estacas.
07/09/10 : 09:55

Grama-são-carlos
Nome Popular: Grama-são-carlos, grama-missioneira, grama-sempre-verde, grama-curitibana, grama-tapete
Família: Poaceae
Divisão: Angiospermae
Origem: Brasil
Ciclo de Vida: Perene
Nome Científico: Axonopus compressus
Sinonímia: Milium compressum, Paspalum compressum, Paspalum platycaulon, Paspalum tristachyon, Paspalum laticulmun, Paspalum platycaule
A grama-são-carlos tem folhas largas, lisas e sem pêlos. É estolonífera, isto é, o caule fica acima do solo e emite as raízes para baixo e as folhas para cima. De coloração verde vibrante a pleno sol e um pouco mais escura à sombra, há ainda uma forma variegada de folhas com margens branco-creme. É indicada para jardins públicos, industriais, residenciais, principalmente sítios e fazendas. Adaptada ao clima frio, vai bem a pleno sol e a meia-sombra, formando um tapete bem denso. Vendido comumente na forma de placas ou mudas.

Deve ser cultivada em solo fértil, com regas freqüentes pois não resiste à seca. O corte deve-ser feito sempre que a altura chegar a 3 centímentros. Multiplica-se pela divisão dos estolões enraizados
06/09/10 : 21:09

Grama-santo-agostinho
Nome Popular: Grama-santo-agostinho, grama-inglesa, grama-de-santo-agostinho
Família: Poaceae
Divisão: Angiospermae
Origem: América do Sul
Ciclo de Vida: Perene
Nome Científico: Stenotaphrum secundatum
Sinonímia: Ischaemum secundatum, Stenotaphrum glabrum, Stenotaphrum americanum
A grama-santo-agostinho tem folhas lisas, sem pêlos e estreitas, de coloração verde-escura. É rizomatosa, isto é, o caule fica abaixo do solo e emite as folhas para cima. É indicada para jardins residenciais e de empresas, principalmente no litoral, formando gramados bem densos. Deve ser aparada sempre que alcançar 3 cm. Vendida comumente na forma de placas, sementes ou mudas (plugs).

Pode ser cultivada a pleno sol ou meia sombra, em solos férteis, com adubações semestrais e regas regulares. É tolerante à salinidade e contraindicada para locais muito frios. Multiplica-se por sementes e pela divisão dos rizomas enraizados.
06/09/10 : 21:07

Primeira Página - 1 - 2 - Última Página
Parceiros
Busca Rápida
Flores
Ervas Medicinais
Jardim de Inverno
Temperos de Hortas
Previsão do Tempo
Visitas
187172

Desenvolvido por DebugWeb - ©2010 - Todos os direitos reservados. [ restrito ]